Palestra “Se fosse você?” chama a atenção de quem não possui deficiência